Itajaí sediará, neste sábado (15), mais uma regata de remo clássico para crianças e adolescentes no Saco da Fazenda, local tradicional de provas náuticas no município.

O evento, que faz parte do calendário de comemorações pelos 159 anos da cidade catarinense, é aberto a jovens até 16 anos.

As categorias são definidas entre Proinha com os alunos de até 10 anos, Bombordo com alunos de 11 a 12 anos e Boreste com os alunos de 12 a 16 anos. Mais de 300 pessoas são esperadas para as regatas a partir de 8h.

A prova de remo clássico “Cidade de Itajaí” reunirá remadores de 18 escolas da rede municipal de Educação de Itajaí. Os alunos do projeto “Navegando pela cidadania” participarão de competições de remo em canoas baleeiras nas raias do Saco da Fazenda, mesmo local que sediou as regatas de Optimist do Volvo Academy, das últimas três edições da Ocean Race. O projeto é uma parceria entre a Associação Náutica de Itajaí – ANI e a secretaria municipal de Educação do município de Itajaí.

”É a nossa base onde as crianças iniciam na vela, mesmo sendo nos barcos das baleeiras. Além disso, o evento promove integração entre as crianças e a comunidade de Itajaí”, disse Fabiano Zucco, presidente da Associação Náutica de Itajaí – ANI

A regata, que já é uma tradição no mês de junho, vai levar para a água cinco canoas estilo baleeira típicas do estado catarinense.

Em cada uma, equipes de oito crianças serão acompanhadas por um timoneiro da ANI, responsável por dar a direção para a canoa.

O percurso entre bóias poderá ser acompanhadas pelo público durante toda a manhã da Avenida Ministro Victor Konder, a beira-rio. Ao final, as três melhores equipes subirão ao pódio e serão premiadas na própria sede da associação.

“Apesar de ser feita a premiação, o objetivo é trabalhar muito mais a cooperação do que a competição. É um dia de integração entre as crianças e adolescentes participantes do projeto. Todos alunos da rede pública municipal de Itajaí participantes do Projeto Navegando pela Cidadania”, contou Rosane Soares – coordenadora de esportes náuticos da ANI.

Navegando pela cidadania

O projeto “Navegando pela cidadania” atende crianças e adolescentes no contra-turno escolar da rede municipal de ensino, ocupando estes com uma atividade produtiva que valoriza seu potencial, evitando ficarem ociosos e vulneráveis em suas comunidades.

A ANI tem o objetivo de desenvolver a mentalidade marítima, resgatar a identidade cultural, oferecer e promover a prática de atividades náuticas, culturais e educacionais, fomentar a inclusão social por meio das práticas e valores do ambiente náutico, desenvolver ações e obras que visem a formação dos jovens através do Esporte educacional.

Com trabalhos desenvolvidos junto à comunidade, vem oportunizando a prática de esportes náuticos para crianças e adolescentes em consonância com a natureza, e tem demonstrado resultados surpreendentes, muitas vezes não alcançados dentro dos próprios lares ou nos bancos de escola, trabalhando valores como: espírito de equipe, solidariedade, cultura da paz, desafios e superação de limites. Uma demonstração do resultado foi a atuação de seus alunos na catástrofe da enchente em Itajaí resgatando pessoas nas embarcações a remo.

A parceria com a Prefeitura Municipal de Itajaí através da Secretaria de Educação, viabiliza o desenvolvimento das atividades e condições para a criação de duzentas e oitenta e oito bolsas para alunos da rede pública municipal de ensino do terceiro ao nono ano do ensino fundamental.

Mais informações na Associação Náutica de Itajaí – ANI, pelo telefone (47) 99918-1618.